Hugo Oliveira Vicente e Marta Madeira | 2015
MECÂNICA E EXPERIÊNCIA
Com o intuito de obter e enviar o máximo de informação e para que os dados possam ser interpretados em termos sonoros e visuais, a instalação é composta por um rádio (input receptor) que, em frequência AM, reage por proximidade às ondas eletromagnéticas emitidas por dispositivos electrónicos que, uma vez transcodificados - output - tornam-se tangíveis.

A transmutabilidade da informação electromagnética é fundamental uma vez que permite tornar visíveis as ondas eletromagnéticas que são geradas pelos equipamentos electrónicos.

O ecrã é dividido ao centro por uma barra que reage às mais pequenas variações e por oito outras barras que dividem o espectro sonoro entre a frequência 0Hz e 22.050Hz.
O processamento e a interpretação dos dados eletromagnéticos permitem transmitir a informação sob forma visual (visualização de dados mediados por Processing) e auditiva (o ruído das interferências) cuja origem depende do sujeito e da sua interacção com os dispositivos. Mediante as alterações de movimento é determinada a quantidade de informação transmitida posteriormente ao que interage.

O contacto com diferentes dispositivos - telemóvel, computador, rádio, router, transformadores elétricos ou televisão - gera diferentes padrões visuais e o som das interferências foi traduzido por sons mais limpos para uma melhor definição da experiência.
Padrões Visuais por dispositivo